Mais facilidade e segurança na preparação de alimentos

A contaminação de alimentos é uma situação relativamente comum na rotina de todos nós, especialmente quando não tomamos cuidados simples com relação a higiene dos produtos e dos materiais de manipulação.

Alguns alimentos são considerados mais susceptíveis a esse tipo de risco, como os alimentos frescos - e em especial os de origem animal. Você muito provavelmente já ouviu falar da salmonelose, infecção provocada por uma bactéria, a Salmonella, que tradicionalmente é associada ao ovo (mas que pode se fazer presente em outros alimentos frescos).

Cuidados simples de rotina de higiene alimentar e armazenamento podem ajudar a evitar essa contaminação, entretanto, nem sempre é tão simples garantir que os produtos frescos tenham passado por essa atenção antes de chegar à sua casa. Por isso, o mercado alimentício tem pensado em algumas alternativas para ajudar a trazer mais facilidade e segurança na preparação de alimentos.

Um bom exemplo é o ovo pasteurizado e o ovo desidratado. Você conhece esses produtos e como eles podem lhe ajudar a trazer mais segurança para suas receitas?

O que é ovo pasteurizado?

O ovo pasteurizado é um ovo natural que passou por um processo chamado de pasteurização. A pasteurização é um tratamento térmico no qual o ovo líquido (já sem a casca) é aquecido a uma determinada temperatura e mantido nesta temperatura por um determinado tempo. Este binômio tempo e temperatura é definido por legislação e garante a segurança alimentar contra as bactérias patogênicas. Cada produto tem uma temperatura de pasteurização diferente, por exemplo, no caso de derivados de ovos, a temperatura é de cerca de 60ºC, já no caso de leite a temperatura pode chegar a 121ºC.

O que é ovo desidratado?

O ovo desidratado é o ovo em pó, o qual é obtido através da secagem do ovo pasteurizado. Ou seja, todo ovo desidratado também foi pasteurizado de forma a garantir a segurança alimentar. O processo de secagem é feito em grandes equipamentos chamados de Dryers (“secadores em inglês”) os quais desidratam o produto pela circulação de ar quente no interior do equipamento. Em resumo, o produto entra líquido e sai em pó. Para fazer o consumo do ovo desidratado, basta apenas adicionar água ao conteúdo que será usado na receita. Dessa maneira, o alimento volta à sua estrutura tradicional e fácil de utilizar.

Quais as vantagens de utilizar esses produtos?

A principal vantagem de utilizar os ovos pasteurizados seja na forma líquida ou na forma em pó é a segurança alimentar, pois a pasteurização é método utilizado há vários anos e mundialmente aceito como seguro.

Outra grande vantagem seria a praticidade e economia de tempo. Imagine o fato de nunca mais ter que quebrar ovos na vida, quanto tempo seria economizado? Sem o risco de cair um pedaço de casquinha de ovo ou mesmo um ovo estragado no meio da receita. Vale lembrar que todo ovo pasteurizado é filtrado e retirada a chalaza, a qual é tradicionalmente removida na mão, principalmente nas receitas de quindim, por exemplo.

Ficou interessado em experimentar esses produtos nas suas receitas? Conheça nossas opções!