Proteína animal x saúde do homem

Novembro é conhecido como o mês da campanha “Novembro Azul”, que traz um alerta para o combate ao câncer de próstata, tipo mais prevalente entre os homens. Mas que tal aproveitarmos esse mês e falarmos também sobre outros aspectos importantes para a saúde masculina?

Pois nesse texto você vai entender mais sobre a importância da proteína animal para a saúde do homem. Vamos lá!

  1. MÚSCULOS

A fisiologia do corpo de homens e mulheres é diferente, e em relação à parte muscular, não é diferente – é fato que homens possuem uma maior massa muscular do que mulheres. Consequentemente, a força dos homens é maior também: estima-se que a força muscular da mulher corresponda a 63% da força muscular masculina.

Por isso, é essencial ter uma alimentação que ajude a manter a saúde dos músculos – assim, não podem faltar as proteínas! Esses macronutrientes são um dos grandes responsáveis pela manutenção e crescimento muscular.

Na prática, as refeições devem contar com alimentos como carnes (bovina, frango ou peixe) e ovos (principalmente a clara do ovo) – apesar de existirem fontes proteicas de origem vegetal, são as de origem animal que apresentam a melhor qualidade! ;)

  1. AJUDA NO CONTROLE DO COLESTEROL

Diferentes pesquisas feitas com homens adultos acima do peso trouxeram uma boa notícia: a adoção de uma dieta com alto teor de proteínas ajudou a reduzir os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue. Considerando que os homens são mais atingidos por doenças do coração do que as mulheres, reduzir os níveis de gordura no sangue é uma vantagem e tanto! Mais um ponto para as proteínas! ;)

  1. MANUTENÇÃO DO PESO

Essas mesmas pesquisas ainda trouxeram outro achado importante: homens com excesso de peso que seguiram uma alimentação contendo altos níveis de proteínas conseguiram perder mais peso quando comparados a homens que mantiveram os níveis normais de proteína na dieta. Parte desse efeito é atribuído ao poder que as proteínas têm de ajudar na sensação de saciedade – ou seja, xô beliscos fora de hora!

Bom, com tantos benefícios para a saúde masculina, não dá para pensar em deixar as proteínas animais de lado, certo? Lembre-se sempre de manter a variedade das proteínas, e se for necessário, procure um especialista para orientar a alimentação mais adequada para o seu estilo de vida! ;)

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

  1. Silva ACC, Frota KMG, Arêas JAG. Série de Publicações ILSI Brasil. Funções Plenamente Reconhecidas de Nutrientes. Proteína. Força-tarefa Alimentos Fortificados e Suplementos Comitê de Nutrição ILSI Brasil. 2012.
  2. Santos ALA. Dieta hiperproteica e sua influência no gasto energético, perda de peso, composição corporal e marcadores metabólicos em homens obesos. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Rio de Janeiro. 2014.