Semana dos avós: benefícios das proteínas na alimentação dos idosos

Estamos na semana dos avós!

Sim, no dia 26 é comemorado o Dia dos Avós, essas pessoas tão especiais que fazem parte da nossa história e que com certeza foram - e são - responsáveis por construir memórias deliciosas!

Então nesse dia, ainda mais do que nos outros, vale caprichar nas demonstrações de carinho e atenção com eles! 

Mas essa atenção deve ser não apenas para que eles se sintam amados. A atenção com a saúde de pessoas seniores é essencial!

Isso porque o processo de envelhecimento traz inúmeros impactos à saúde, causando alterações nos ossos, cognição, memória e músculos.

Sim, com o passar do tempo acontece uma perda de músculos – a partir dos 50 anos, estima-se que um adulto perca de 1 a 2% de massa muscular ao ano. E não para por aí: há também diminuição da força muscular, que reduz de 1,5% a 3% ao ano a partir desta mesma faixa etária.

Mas essa redução pode ser controlada com 2 pilares que devem fazer parte de uma vida saudável, independentemente da idade: prática regular de exercícios físicos e alimentação balanceada!

E dentro de uma alimentação equilibrada e que tem como foco a manutenção dos músculos, a ingestão adequada de proteínas é fundamental – já que uma das principais funções das proteínas é justamente trabalhar como uma grande aliada dos músculos!

Porém, na prática, o consumo de proteínas pode ser dificultado por fatores como dificuldade na mastigação e má digestão de alimentos fontes deste nutriente, tudo causado pelo envelhecimento. E é nesse momento que suplementos de proteínas surgem como uma ótima alternativa para suprir essa necessidade.

Dentre os suplementos disponíveis no mercado, a albumina mostra-se uma ótima opção, já que esta proteína, a principal encontrada no ovo, tem como importante função a manutenção de músculos, também estando relacionada ao aumento de células musculares, contribuindo assim para manter os músculos dos seniores!

Agora que você já sabe de que forma ajudar a manter a saúde da musculatura dos avós, coloque essas dicas em prática e ajude-os a ter uma vida longa, cheia de saúde e qualidade!

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

  1. Curtis E, Litwic A, Cooper C, Dennison E. Determinants of muscle and bone aging. J Cell Physiol. 2015; 230(11): 2618–2625.
  2. Silva ACC, Frota KMG, Arêas JAG. Série de Publicações ILSI Brasil. Funções Plenamente Reconhecidas de Nutrientes. Proteína. Força-tarefa Alimentos Fortificados e Suplementos. Comitê de Nutrição. ILSI Brasil. 2012.
  3. Santos ACO, Machado MMO, Leite EM. Envelhecimento e alterações do estado nutricional. Geriatria & Gerontologia. 2010;4(3):168-175.
  4. McNamara DJ. The impact of egg limitations on coronary heart disease risk: Do the numbers add up? J. Am. Coll. Nutr. 2000; 19: 540–8.
  5. Mizunoya W, Tashima A, Sato Y, et al. The growth promoting activity of egg white proteins in the C2C12 myoblast cell line. Anim Sci J. 2015; 86: 194–9.